Pages Menu
TRANSFORMERS
Categories Menu

Postado em out 26, 2015 em Livros

Novo livro de Natalia Borges Polesso

 

Quando a vida se distancia da acomodação e se aproxima do deslumbramento e da descoberta, um novo cenário de experiências e reflexões se faz presente. Mais do que abordar relações homossexuais, os contos de Amora retratam ritos de passagem, embates com a estranheza, caminhos de aceitação, além das possibilidades, dos dramas e das mudanças na realidade de personagens mulheres de diferentes idades.

Amora, de Natalia Borges Polesso, lançamento da Não Editora, terá sessão de autógrafos no dia 29 de outubro (quinta-feira), a partir das 19h30min, na Palavraria, em Porto Alegre.

A autora, que recebeu o Prêmio Açorianos de Literatura em 2013 (na categoria Contos com o livro Recortes para álbum de fotografia sem gente), traz em Amora o tema do encontro de si mesmo. Mas de um modo desafiador: quando ele ocorre fora dos padrões e encaminha para uma transformação inevitável.

Natalia traz narrativas curtas que desafiam os conservadores, abordando a questão da orientação sexual e trazendo-a para a realidade cotidiana. Ao longo do livro, as personagens se descobrem e tentam se aceitar, lidam com as expectativas ou rejeições familiares, entram em conflitos nas relações sociais e no ambiente de trabalho, ou levantam a cabeça e quebram muitos paradigmas, como a própria definição de família tradicional. Tudo permeado por um constante sentimento de estranheza e extraordinariedade.

Paloma Vidal escreve, na orelha, sobre Amora. “‘No entanto, era um descolamento, a sensação de não pertencer a lugar nenhum’ – esta sensação – desdobrada em cenas de personagens ora mais desgarradas, ora mais amparadas, idosas, jovens, crianças, adolescentes, ou quase adolescentes, num delicado momento de passagem, que lhes permite dizer que ‘o tempo era bonito nas quintas-feiras’ – percorre os contos de Natalia Borges Polesso, deixando-nos um sentimento de comunidade inevitável, mesmo que tantas vezes inconfessável. Esse não-lugar, um descolamento, uma estranheza, se define no próprio livro recorrendo ao que já sabemos, porque basta abrir o dicionário: o estranho é o esquisito, e também o extraordinário; é o que está de fora, que foge ao convívio, e também o misterioso, o enigmático, o novo – dupla face de toda estranheza, que nos abraça em cada ato, em cada palavra, em cada imagem.”

Natalia Borges Polesso é escritora e doutoranda em Teoria da Literatura na PUCRS. Autora de Recortes para álbum de fotografia sem gente (Modelo de Nuvem / 2013), obra vencedora do Prêmio Açorianos de Literatura 2013 na categoria Contos, do livro de poemas Coração à corda (Patuá / 2015), e também da tirinha tosca A escritora incompreendida, publicada apenas na internet.

Amora foi contemplado em 2014 pelo Edital de financiamento FINANCIARTE da Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul (RS). O projeto contou com a produtora Flor Nieto, da Lynch Gestão Cultural.

O livro está à venda em diversas livrarias de Porto Alegre e do Brasil. A lista completa de pontos de venda pode ser consultada no site www.naoeditora.com.br. O livro também será lançado simultaneamente em versão eletrônica. O e-book está à venda nas principais lojas online, como Amazon, Apple Store, além dos sites das livrarias Cultura, Saraiva e Travessa.

Não Editora – A Não Editora foi criada em 2007. Em dezembro de 2008, recebeu o Destaque de Editora do Ano no Prêmio Açorianos de Literatura. Seu conselho editorial é formado pelos escritores Antônio Xerxenesky, Guilherme Smee, Gustavo Faraon, Luciana Thomé, Rodrigo Rosp e Samir Machado de Machado.

LANÇAMENTO DE Amora, com sessão de autógrafos da autora.
Data e horário: 29 de outubro de 2015 (quinta-feira), a partir das 19h30min.
Local: Palavraria (Rua Vasco da Gama, nº 165 – Porto Alegre – RS). Entrada franca.

Preço: R$ 32,00 (exemplar) / Contos / Formato: 14 x 21 cm / 256 páginas

 

unnamed (2)

También, considere “http://kamagraoraljelly.me/es/” o Comprar Kamagra Oral Jelly. Muchos posiblemente piensan que la eficacia de Kamagra está bien documentada. No tome más de Kamagra o cualquier otro medicamentos que el recomendado. El profesional de la salud tiene que resolver el problema qué dosis es la más adecuada. Si el medicamentos se usa según sea necesario, es poco probable que esté en un programa de dosificación.