anaguerra@mundocult.com.br

Notícias

PEÇA "O PERCEVEJO" EM CURTA TEMPORADA EM SÃO PAULO

 

O Percevejo estreia em São Paulo, em curta temporada, no Espaço Parlapatões, a partir de 15 de agosto (5af), sob a direção de Francisco Hashiguchi. Dividida em nove cenas, a comédia com narrativa em tom circense e fantástico traz treze atores na adaptação de Francisco Hashiguchi e Laís Patrocínio para o texto do Russo Vladimir Maiakovski (1893-1930). 

Com apresentações todas as quintas e sextas-feiras, de 15 a 30 de agosto, sempre às 21 horas, a obra escrita em 1928, em plena consolidação do regime stalinista, o espetáculo O Percevejo é uma crítica política e conta a história de Prissípkin, vivido pelo ator Felipe Macedo, um ex-operário que abandona seus ideais para se casar com a filha de um aristocrata, mas no dia do casamento um incêndio extermina todos sem deixar sobrevivente. Até que, 50 anos depois, um mistério se desvenda em um futuro imaginado por Maiakóvski, com um grande desenvolvimento tecnológico mas com pessoas frias e desumanizadas, o corpo de Prissípkin é encontrado congelado e através de uma votação decide-se pelo descongelamento do corpo, onde acaba sendo descongelado também um percevejo que estava em seu colarinho. 

A partir disso, tudo vira uma bagunça. A sociedade asséptica passa a se ‘infectar’ com Prissípkin, os operários começam a se embebedar, as moças começam a se apaixonar e as pessoas começam a dançar. Por fim, Prissípikin e o percevejo vão parar em um zoológico, onde os dois são considerados parasitas para aquela sociedade. 

Encenada pela primeira vez, no ano de 1929, sob direção de Vsévolod Meyerhold, a obra é uma crítica política sobre a conduta do governo stalinista. Meyerhold constrói uma história de maneira sarcástica. O dramaturgo e diretor brasileiro Luiz Antônio Martinez Corrêa foi quem traduziu e encenou a peça pela primeira vez no Brasil em 1981, uma obra de extrema crítica ao governo da Ditadura Militar. 

“ A encenação da peça “O Percevejo”, de Vladimir Maiakóvski, busca uma atmosfera circense, própria da encenação de Meyerhold, para contar a história dessa comédia sarcástica, fazendo seus devidos paralelos com o cenário político vigente no nosso país. Trata-se também dos relacionamentos humanos, de nossas condutas e de possíveis consequências no futuro de como estamos nos conduzindo nesses tempos de tanto julgamento, ódio e intolerância ao que é diferente. O texto foi adaptado trazendo as falas para o tempo atual e algumas cenas acontecem no meio do público, sugerindo que os espectadores participem e se coloquem como sujeitos ativos na peça como um despertar de consciência sobre nossos verdadeiros papéis como cidadãos.”, declara Francisco Hashiguchi.

 

Serviço:

O Percevejo

Espaço Parlapatões

De 15 a 30 de agosto | quintas e sextas | 15, 16, 22, 23, 29 e 30 de agosto de 2019

Horário: 21h

Preço: R$ 30 (inteira) | R$ 15,00 (meia) | R$ 15,00 (lista amiga)

Endereço: Praça Franklin Roosevelt, 158 - Consolação –SP

Classificação etária: 16 anos

Duração do espetáculo: 90 minutos

Lotação do teatro: 96 lugares

Ingressos no site: https://ingressoindependente.com.br/pecas/agenda/90

 

FOTO: Victor Pollak

 

 

Galeria de Fotos

 

Veja Também