anaguerra@mundocult.com.br

Notícias

"CACO VELHO - O SAMBISTA INFERNAL" É ATRAÇÃO NO AGULHA NESTE SÁBADO

 

Uma figura das figuras mais emblemáticas da história da música popular, nascido em solo gaúcho e que depois correu o mundo, completaria 100 anos no último mês de março. Caco Velho, um sambista que tem uma significativa importância na construção da cena musical do Rio Grande do Sul e do país recebe uma grande homenagem no show “Caco Velho – O Sambista Infernal” apresentado pela banda Rafa 16 & Caco Velho Ensemble, que acontece neste sábado (13), às 22h, no palco do Agulha (Rua Conselheiro Camargo, 300). Os ingressos antecipados já estão à venda pelo site do Sympla (link: http://bit.ly/cacoagulha), com lote promocional limitado a R$ 15, 1º lote Solidário / Meia-entrada a R$ 20 e na hora e no local (mediante disponibilidade) a R$ 40. 

Caco Velho foi um sambista gaúcho, autodidata e multi-instrumentista que apesar de toda sua influência na música popular brasileira, não teve ainda o reconhecimento merecido. Tocava pandeiro, contrabaixo, piano e bateria. Foi amigo pessoal de Luiz Gonzaga e uma grande referência para Jackson do Pandeiro. Tocou com Hebe Camargo, Sivuca, Caçulinha, Benito di Paula, entre outros tantos artistas e teve carreira um pouco mais consolidada dor do país. “Barco Negro”, de sua autoria, é até hoje um dos fados com o maior número de gravações em todos os continentes. Além disso, reza a lenda que, ao vê-lo tocar em um hotel na cidade do Rio de Janeiro, Walt Disney se inspirou e criou a personagem Zé Carioca. 

Como forma de homenageá-lo e comemorar seu centenário, após uma profunda pesquisa musical, a banda Rafa 16 & Caco Velho Ensemble composta por dez músicos sobe ao palco pela segunda vez - a primeira foi na estreia do projeto no Vila Flores em 2018, para apresentar suas canções. A apresentação traz a pesquisa, arranjos, direção musical, cavaquinho e vocal do músico e compositor, Rafael Dezesseis, acompanhado ainda pelos músicos Gabriel Gorski (guitarra), Brenno di Napoli (baixo), Matheus Kleber (teclado e acordeom), Duda Cunha (bateria), Felipe Santos (percussão), Marquinhos Nunes (percussão), Maria Conceição, Pablo Martins e Melissa Osterlund (backing vocals). “Eu acho que o Caco Velho nunca teve o reconhecimento merecido. Ele tem uma obra riquíssima e, mesmo sendo conterrâneo de Lupicínio, pouca gente ouve falar de suas histórias. Talvez por não seguir aquele estilo de samba mais melancólico, bastante comum na época, as pessoas tenham achado ele brasileiro demais para o seu gosto. E hoje com enorme prazer o reverenciamos e agradecemos por toda sua contribuição”, explicou Rafa.

A casa abre a partir das 19h e o show começa pontualmente às 22h.


SERVIÇO: 

O QUÊ: “Caco Velho – O Sambista Infernal” é a atração deste sábado no Agulha

QUANDO: SÁBADO (13) – A casa abre às 19h / o show começa pontualmente às 22h

ONDE: AGULHA (Rua Conselheiro Camargo, 300 – São Geraldo)

INGRESSOS:

No site: http://bit.ly/cacoagulha

Lote Promocional
limitado - R$ 15 - apenas online;

1º lote Solidário*
/ Meia-entrada** - R$ 20 - na internet (com opção de boleto bancário)

Na hora (mediante
disponibilidade)

* Solidário - Valor
reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou itens de higiene
pessoal, disponível para qualquer pessoa. As doações deverão ser entregues no
Agulha, no momento da entrada ao evento.

** Meia-entrada -
Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação
da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os
documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

*** Valores de
inteira: R$ 40

 

Produção Executiva: Lucas Luz

Assessoria de imprensa: Patuá Conteúdo Criativo

Arte: Afonso De Lima

Foto: Josemar Afrovulto

 

 

 

Veja Também