anaguerra@mundocult.com.br

Notícias

VIRADA SUSTENTÁVEL POA ANUNCIA ARTISTAS SELECIONADOS PARA EXPOSIÇÃO

 

Em sua última chamada pública de projetos de 2019, a Virada Sustentável Porto Alegre escolheu 13 artistas visuais para a exposição Os ODS na Virada, que será montada a céu aberto durante a 4ª edição do evento, de 5 a 7 de abril, na Orla Moacyr Scliar, no centro de Porto Alegre/RS. A mostra terá cinco obras em suportes hexagonais, que poderão ser manipulados pelo público.

Participaram da seleção 32 artistas e coletivos de diversas localidades do país, que inscreveram 22 projetos levando em conta os 17 ODS - Objetivos do Desenvolvimento Sustentável que norteiam a agenda 2030 da ONU, além dos ODS específicos que serão tratados durante a 4ª Virada Sustentável: Igualdade de gênero (ODS 5), Redução das Desigualdades (ODS 10), Consumo e Produção Responsáveis (ODS 12) e Ação Contra Mudança Global do Clima (ODS 13).

Entre os selecionados está o pernambucano Eládio Ferreira, que tem como principais referências as obras de Vik Muniz e Joan Fontcuberta. O artista é engajado em causas ambientais e integrante do Projeto Route, que realiza ações ambientais no Brasil, nos EUA e em Portugal. Sua obra fará uma reflexão sobre consumo responsável e gestão de resíduos. Também foi selecionada a dupla de artistas Beto Rodrigues (fotógrafo) e Susie Prunes (fotógrafa e ceramista), com o projeto Pérola mãe. A obra mistura imagens e manejo de objetos pelo público, representando o respeito mútuo independente das crenças e a diversidade religiosa, alimentando o sentimento de fé e tolerância.

Manual do Condutor de Carrinho de Papeleiro é outra das propostas selecionadas, uma intervenção coletiva do artista Cristiano Sant'Anna, juntamente com os papeleiros Antônio e Jacson Carboneiro (pai e filho). Cristiano é fotógrafo e mestrando em poéticas visuais pela UFRGS. Jacson e Antônio trabalham com coleta e reciclagem na Vila dos Papeleiros, em Porto Alegre. Há um ano e meio, os três têm desenvolvido uma rotina de troca de experiências e saberes, em que se adotou a dinâmica da inversão dos papéis. O artista assumiu a função de "carrinheiro" - aquele que conduz o carrinho e faz a coleta nas ruas -, enquanto Jacson, com a câmera na mão, documenta a experiência e recebe aulas de fotografia. A obra vai abordar a redução das desigualdades e o consumo e produção responsáveis.

A publicitária e estudante de artes visuais Betina Nilsson foi selecionada com o projeto Minha Ciranda, que reflete sobre o feminismo e a sororidade feminina.

O Coletivo Criarte - formado por seis jovens artistas engajados em ações de arte urbana -propôs um trabalho sobre o ODS 13 - Ação Contra a Mudança Global do Clima. Redução do desmatamento, energias renováveis, gestão de resíduos, mobilidade sustentável e o Acordo de Paris são os temas que serão trabalhados pelo grupo, utilizando a técnica da pintura. O Criarte é composto por Ana Sacarceli, artesã e artista urbana desde 2012; Bruno Lade, artista visual e tatuador; Bruno Mendes, estudante de gestão ambiental e fotógrafo; Giuliano Lenuzza, também tatuador e artista urbano; Leandro Alves, artista plástico autodidata e artesão experimentado em intervenções urbanas e Venise Borges, jornalista que trabalha com artes gráficas, visuais e também realiza trabalhos em serigrafia artesanal.

A comissão de seleção colocou na condição de suplentes os artistas Jeaninne Kirschke, com a obra Conexão Biomas, e Paulinho Marques David, com o projeto Muda'Dor. Os suplentes poderão ser chamados caso seja necessário substituir algum selecionado.

Os escolhidos receberão cachê e ajuda de custo para a execução do projeto em suporte que será fornecido pela Virada - uma estrutura hexagonal em metalon, fixada em eixo com rolamentos para permitir que o público possa interagir, fazendo o suporte girar em 360º.

 

 

Sobre a 4ª Virada Sustentável Porto Alegre
A 4ª edição da Virada Sustentável Porto Alegre será realizada nos dias 5, 6 e 7 de abril de 2019. O principal objetivo do evento é chamar a atenção para as diversas questões da sustentabilidade, adotando como referência a Agenda 2030 da ONU com seus 17 ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Nesta edição, a Virada vai abordar principalmente temas como a redução das desigualdades sociais (em especial as questões dos imigrantes e refugiados), consumo consciente, saúde e bem estar, parcerias, igualdade de gêneros e mudanças climáticas.

O evento pretende reunir quase duzentas atrações e atividades gratuitas e abertas ao público, em diferentes locais e em cinco Ecopontos principais da Capital Gaúcha: Associação Cultural Vila Flores (com diversos espetáculos multiartísticos, uma feira de inovação e sustentabilidade, e diversas oficinas e atividades literárias); a Casa de Cultura Mario Quintana (onde programação será realizada exclusivamente por pessoas do gênero feminino); o Parque da Redenção (com intensa programação socioambiental, infantil e de comida saudável, além da Serenata Iluminada e da Exposição Virada Fotográfica - que aborda a questão dos deslocamentos humanos); o Centro Cultural da UFRGS (com uma programação eclética de artes, projeções audiovisuais e um seminário com foco no tema "Amazônia"); e a Praça Júlio Mesquita e a Orla Moacyr Scliar (onde a ênfase será dada pela Exposição "Os ODS na Virada", além de música, teatro de rua, dança, espetáculos circenses, oficinas e rodas de conversa).

O Edital para Adesões na 4ª edição da Virada Sustentável Porto Alegre foi encerrado com recorde de atividades inscritas. Ao todo, foram propostos 419 projetos culturais, sociais, educativos e ambientais - o dobro da edição anterior. Destes, 157 foram escolhidos para integrar a programação da Virada de forma autônoma, por grupos, coletivos, movimentos e instituições diversas. A organização estima que mais de mil pessoas estarão diretamente envolvidas na realização destas atividades.

A cada edição, a Virada realiza diversos debates e seminários, sendo um deles o evento que marca a abertura do Festival. O tema deste encontro inaugural será inovação e sustentabilidade, numa parceria com o Movimento POA Inquieta e Theatro São Pedro. O POA Inquieta vem reunindo diferentes grupos e pessoas com iniciativas que apresentam soluções para problemas urbanos crônicos, buscando alternativas na economia criativa, na inovação e nas ações e empreendimentos sustentáveis. Um outro seminário sobre o tema da Amazônia também está sendo organizado em parceria com a UFRGS.

A Virada Sustentável Porto Alegre é apresentada pela Braskem pelo quarto ano consecutivo, com Patrocínio Master da Liberty Seguros. Patrocínio e chancela de Neutralização de CO2 do evento: CMPC. Realização: Instituto Virada Sustentável. Correalização: PMPA - Prefeitura Municipal de Porto Alegre e SMAMS - Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade. Parcerias: Centro Cultural da UFRGS, Casa de Cultura Mário Quintana, Associação Cultural Vila Flores, Fundação Gaia, Fecomércio RS, NET Impact, Theatro São Pedro e Movimento POA Inquieta. Apoio de mídia: RBS TV, BandNews e Metro Jornal Porto Alegre. Financiamento: Ministério da Cidadania / Governo Federal.



Virada Sustentável Porto Alegre


Dias 5, 6 e 7 de abril de 2019 

Seminários | oficinas | espetáculos musicais | mostras de cinema | feiras de inovação | ecogastronomia e comida saudável | rodas de conversa | espetáculos teatrais e circenses | saraus | atividades de lazer e esportes | exposições de artes visuais | ações de sustentabilidade e recolhimento de resíduos | atividades inclusivas e com acessibilidade 

Ecopontos:

Parque da Redenção | Parque Farroupilha - Av. João Pessoa, s/n - Cidade Baixa

Casa de Cultura Mario Quintana | Rua dos Andradas, 736 - Centro Histórico

Associação Cultural Vila Flores | Rua São Carlos, 759 - Floresta

Praça Júlio Mesquita e Orla Moacyr Scliar | Centro Histórico - em frente à Usina do Gasômetro

Centro Cultural da UFRGS | Campus Central - Rua Eng. Luiz Englert, 333 - Farroupilha 

Site: http://www.viradasustentavel.org.br/poa

Facebook: www.facebook.com/viradasustentavelpoa

Instagram: @viradasustentavelpoa

 

Conheça os temas de 2019
ODS 3 - SAÚDE E BEM ESTAR - Palavras-chave: saúde física e mental, combate à doenças, acesso à tratamentos; qualidade do ar, da água e do solo; combate ao tabaco.

ODS 5 - IGUALDADE DE GÊNERO - Palavras-chave: igualdade de gênero; empoderamento de mulheres e meninas; direitos das mulheres, mulheres em cargos de liderança, diferença salarial, violência doméstica.

ODS 10 - REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES - Palavras-chave: desigualdade étnica, racial, religiosa, econômica; violência; imigrantes e refugiados.

ODS 12 - CONSUMO E PRODUÇÃO RESPONSÁVEIS - Palavras-chave: empreendedorismo, feiras, brechós, orgânicos, negócios sociais, economia circular, negócios locais, matéria prima sustentável, trabalho justo.

ODS 13 - AÇÃO CONTRA MUDANÇA GLOBAL DO CLIMA - Palavras-chave: redução do desmatamento, preservação de florestas, agricultura de baixo carbono, mobilidade sustentável, gestão de resíduos, energias renováveis, mercado de carbono, acordo de paris.

ODS 17 - PARCERIAS E MEIOS DE IMPLEMENTAÇÃO - Palavras-chave: lideranças ambientais históricas; habilidade de estabelecer redes, acordos internacionais, ecossistemas locais.

Foto: Luiz Munhoz.

 

 

Veja Também