anaguerra@mundocult.com.br

Notícias

PANO POP LANÇA COLEÇÃO HOMENAGEANDO GRANDES MULHERES

 

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a Pano Pop lançou  mais uma coleção-cápsula. A Coleção Mulheres Pano Pop traz estampas de nomes inspiradores com apenas 20 peças entre vestidos, blusas e camisetas com imagens de Frida Kahlo, Elza Soares, Pagu, Simone de Beauvoir e Nina Simone. “São mulheres que admiramos muito e que representam a luta de todas as mulheres do mundo, revela uma das proprietárias da marca”, Simone Martins.

Esta é a terceira coleção-cápsula lançada pela marca, que já desenvolveu peças com imagens de Porto Alegre, seguida pela Coleção Cidades, com fotos da Capital e do Rio de Janeiro, São Paulo, Londres e Nova York, assinadas por Chico Lisboa, também proprietário da Pano Pop.

Toda a linha de produção ocorre localmente, desde o desenvolvimento das imagens e curadoria de Chico e Simone, passando por modelagem, corte e finalização das peças. “Gostamos de ressaltar que tudo é feito aqui, ou no nosso escritório ou em fornecedores próximos, da ideia ao produto final”, contam.

“Valorizamos a questão da peça única, já que temos uma produção praticamente on demand. Cada imagem vai apenas para uma peça de cada modelo, o que mantem a exclusividade e originalidade”.

A Pano Pop funciona de segunda sábado, das 10h às 19h, na Rua Fernandes Vieira, 656. Para mais informações, acesse: facebook.com/redepanopop | @panopop

 

Sobre a marca

A Pano Pop foi fundada em 2013 por Simone Martins e Chico Lisboa, desenvolvendo peças com estampas exclusivas em vestuário feminino, masculino e infantil além de peças de decoração. A loja conta com acessórios e calçados, sempre valorizando produtores locais e regionais. Sua sede na Rua Fernandes Vieira também conta com o Studio Leo Zamper Bom Fim, duas marcas unidas em um único espaço a serviço da beleza, moda e lifestyle no bairro mais descolado da cidade.

 

Coleção Mulheres Pano Pop

Elza Gomes da Conceição, mais conhecida como Elza Soares (Rio de Janeiro, 23 de junho de 1930) é uma consagrada cantora e compositora brasileira. Em 1999, ela foi eleita pela Rádio BBC de Londres, como a cantora brasileira do milênio. Elza também aparece na lista das 100 maiores vozes da música brasileira elaborada pela revista Rolling Stone Brasil.

Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón (Coyoacán, 6 de julho de 1907 — Coyoacán, 13 de julho de 1954) foi uma pintora mexicana. Além de uma das mais importantes figuras da arte no século XX, ela foi umas das personagens mais significativas no âmbito político e cultural no México. Frida foi uma mulher guerreira, lutadora tanto na vida privada a qual teve que superar grandes traumas, quanto na vida social. Toda sua obra reflete esta realidade, além da pintura, também deixou um diário onde registrou suas alegrias e frustrações como seu conturbado casamento, sua saúde frágil e a impossibilidade de gerar filhos.

Nina Simone (1933-2003) foi uma pianista, cantora e compositora norte-americana. Além de uma das grandes vozes femininas do jazz, esteve comprometida com o ativismo pelos direitos civis dos negros do seu país.

Patrícia Rehder Galvão, conhecida pelo pseudônimo de Pagu, (São João da Boa Vista, 9 de junho de 1910 — Santos, 12 de dezembro de 1962) foi uma escritora, poeta, diretora de teatro, tradutora, desenhista, cartunista, jornalista e militante política brasileira. Teve grande destaque no movimento modernista iniciado em 1922, embora não tivesse participado da Semana de Arte Moderna, tendo na época apenas doze anos de idade. Militante comunista, foi presa por motivações políticas.

Simone de Beauvoir (1908-1986) foi uma escritora francesa, filósofa existencialista, memorialista e feminista, considerada uma das maiores representantes do existencialismo na França.

 

FOTO: Chico Lisboa

 

 

Veja Também