anaguerra@mundocult.com.br

Notícias

ESPETÁCULO "MULHER EX MACHINA" EM CARTAZ NO TEATRO DO MUSEU DO TRABALHO

 

Baseado no mito de Medeia, “Mulher Ex Machina” estreou no dia 18 e será encenado todos os dias até o dia 25 de fevereiro, sempre às 21 horas no Teatro do Museu do Trabalho.

O espetáculo teatral de conclusão do Ano I / 2018 do Curso Profissionalizante de Formação de Atores da Casa de Teatro de Porto Alegre é dirigida por Zé Adão Barbosa e Larissa Sanguiné, tem um elenco com 17 novos atores, a direção corporal e coreográfica é de Denis Gosch e a direção musical, de Everton Rodrigues e Kiti Santos.

A montagem "Mulher Ex Machina", fundamentado no mito de Medeia, uma das histórias mais perturbadoras da mitologia, é uma revisitação de textos de Eurípedes, Heinner Müller, Chico Buarque e Christa Wolff. A montagem com a colagem dos escritos revela as histórias pregressas das personagens, bem como discute os interesses em manter calada uma mulher livre, culpabilizando-a, como apontado no romance de Christa.

A encenação que recria o mito representa não apenas a dramaturgia de Eurípedes, que parte do momento da decisão de Medeia em vingar-se, mas também as histórias pregressas desta e de Jasão. O texto de Wolff que permeia a dramaturgia é o elemento que gera questionamentos profundos no que envolve a lenda. Uma investigação de composição de personagens trágicos e uma atmosfera inspirada nos ditirambos, as contrações de história que antecedem as encenações do que conhecemos por Teatro Grego aparecem em cena.

A trilha é composta e boa parte reproduzida ao vivo, com instrumentos de percussão e cordas, buscando uma sonoridade rudimentar que contribui para a atmosfera da encenação. A musicalidade investigada ao longo do ano por Everton Rodrigues junto aos atores tem a direção finalizada por Kiti Santos durante o processo de ensaios.

Para a construção das personagens, as atrizes e os atores se usam de ações desconstruídas que são conduzidas pela subjetividade de movimentos corporais, em busca de um corpo trágico que compõem as cenas. Proposições de desconstrução corporal para uma condição de tensão que aproxima cada ator e atriz da densidade necessária na tragédia, conduzidos por Denis Gosch. Este desafio estende-se a cantar, dançar, e tocar, recriando a ideia dos coros gregos. Uma revisitação contundente para um mito tão difundido na cultura do teatro universal.

Ficha Técnica
Direção de Atores: Zé Adão Barbosa
Direção de Cena: Larissa Sanguiné
Direção Corporal e Coreográfica: Denis Gosch
Direção Musical: Everton Rodrigues
Diretora Musical convidada: Kiti Santos
Dramaturgia: Larissa Sanguiné
Textos: Christa Wolff, Eurípedes, Heinner Müller, Chico Buarque e Olga Rine
Orientação: Denis Gosch, Everton Rodrigues, Filipe Matzembacher, Francisco Gick, Larissa Sanguiné, Marcio Reolon e Zé Adão Barbosa
Elenco: Mariana Lucena Rizzo, Anna Carolina Gueds, Janaína Baladão, Gabriel Borges, Vitoria Greff, Luã do Valle, Gabriela Torres, Sarah Baes, Laura Boldrini, Andréia da Veiga, João Vitor Oliveira, Carla Freitas, Douglas S. Kothe, Marcello Médice , Carolina Caprara, Guilherme Demarchi, Raul Lisboa
Criação e Operação de Luz: Eduardo Kraemer
Cenógrafo convidado: Rodrigo Shalako
Cenotécnico: Paulo Ricardo de Oliveira
Criação de Figurinos: Pâmela Manica e Victória Sanguiné
Maquiagem: Juliane Senna
Operação de Som: Jimi Mello
Bilheteria: Anderson Muniz
Arte Final: Jeffie Lopes
Desenho da Arte Gráfica: Fernanda Rizzo
Direção de Produção: Jeffie Lopes
Produção Executiva: Anderson Muniz
Monitoria: Pamela Mânica, Breno Gómez
Monitoria de Aulas: Pâmela Manica, Zé Passos, Stella Miranda Corrêa, Fernanda Pedroso, Helena Sá, Alexei Goldemberg
Fotos de Divulgação e Teaser: Victória Sanguiné
Divulgação: Casa de Teatro de Porto Alegre e o grupo
Assessoria de Imprensa: Liane Strapazzon
Administração da Casa de Teatro de Porto Alegre: Jeffie Lopes
Realização: Casa de Teatro de Porto Alegre

 

Mulher Ex Machina

De 18 a 25 de fevereiro de 2019, todos os dias, sempre às 21h

Teatro do Museu do Trabalho (Rua dos Andradas, 230)

Ingressos:

R$ 30,00 (público geral) | R$ 20,00 (estudantes, acima de 60 anos, artistas e alunos da Casa de Teatro de Porto Alegre) 

 

 

FOTO: Victória Sanguiné

 

 

Veja Também