Pages Menu
Categories Menu

Postado em jul 28, 2015 em Destaque, Teatro

Escola Teatro Novo dá aula gratuita para crianças e adolescentes

 

Crianças e adolescentes interessados em estudar teatro poderão concretizar o sonho. A Escola Teatro Novo, da Cia. Teatro Novo, vai fazer no sábado, dia 01 de agosto, na Sala Carmen Silva do Teatro Novo DC (Rua Frederico Mentz, 1561 D, Bairro Navegantes), um workshop gratuito para a gurizada. Dividida em duas turmas, uma pela manhã e outra pela tarde, a aula inaugural será ministrada pela atriz e diretora Karen Radde. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3374.7626 ou pelo e-mail marciateatronovo@gmail.com.br.

Das 10h às 12h, o workshop será para adolescentes entre 11 e 16 anos de idade. Já das 14h30min às 16h30min, é a vez das crianças de sete a dez anos. Karen Radde vai dar noções de teoria e prática sobre interpretação para os interessados. A novidade do curso do segundo semestre da Escola Teatro Novo é que uma vez por mês a coreógrafa e bailarina Leticia Paranhos vai dar aula de dança. No final do semestre, os alunos apresentação uma peça para o público em geral.

Teatro Novo

A Cia Teatro Novo foi fundada pelo diretor teatral Ronald Radde há 47 anos. E de lá pra cá, os espetáculos infantis – seu maior foco – atingem, a cada ano, uma média de 40 mil espectadores. Há 13 anos foi fundado o Teatro Novo DC – Sala Carmen Silva. Todos os anos passam para conferir espetáculos e prestigiar eventos cerca de 80 mil pessoas.

 

Aula inaugural Oficina de Teatro – Crianças e adolescentes
Sábado, 01 de agosto, das 10h às 12h e das 14h30min às 16h30min
Entrada franca
Teatro Novo DC – DC Shopping
Rua Frederico Mentz, 1561 D – Navegantes
Informações: 51 3374-7626 / 3374-3722
www.teatronovo.com.br

foto Karen Radde - crédito Sérgio Souza

foto Karen Radde – crédito Sérgio Souza

También, considere “http://kamagraoraljelly.me/es/” o Comprar Kamagra Oral Jelly. Muchos posiblemente piensan que la eficacia de Kamagra está bien documentada. No tome más de Kamagra o cualquier otro medicamento que el recomendado. El profesional de la salud tiene que resolver qué dosis es la más adecuada. Si el medicamento se usa según sea necesario, es poco probable que esté en un programa de dosificación.