Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Postado em maio 18, 2016 em Música

Ecarta e Arte Sesc promovem show de Adriana Deffenti em Passo Fundo

 

No dia 22 de maio, a Fundação Ecarta e o Arte Sesc – Cultura por toda parte promovem em Passo Fundo, por intermédio do projeto Ecarta Musical, o show Revira&Volta, de Adriana Deffenti (voz, flauta doce e transversa, castanholas e rabeca). O apoio é do Sinpro/RS. A artista estará acompanhada por dois antigos parceiros, com quem não dividia o palco há mais de oito anos: Marcelo Corsetti (guitarra e violões) e Angelo Primon (viola caipira, violões, sitar e percussão). Para matar a saudade, os músicos apresentarão canções que já tocaram juntos e também um pouco do novo disco de Adriana que vem por aí. “Meu próximo trabalho será um arremate dos últimos anos, com muitas participações dos meus parceiros de shows e discos. Pretendo colocar no repertório um pouco de todas as ‘Adrianas’ que sou – a cantora, a instrumentista, a compositora, a professora de canto, a bailarina de flamenco, a atriz, entre outras”, resume a artista.

As faixas selecionadas para o Ecarta Musical são Malabarismo íntimo, Romance acidental e Controversa (Adriana Deffenti), O recado delas (Maria João/Mário Laginha), Mesmo que mude (Carlos Carneiro/Rodrigo Pilla), Quem te ensinou a dançar (Otávio Santos), Berlim Bonfim (Nei Lisboa/Hique Gómez), Foi no mês que vem (Vitor Ramil), Capitu (Luis Tatit), Tabu (Gustavo Cerati), Luca (Herbert Vianna), Going to California (Jimmy Page/Robert Plant), Poquer no escuro (Nei Lisboa), Onde anda o Rock em Roll (André Silveira) e El tunge le (Eduardo Mateo).

O show acontece no Teatro do Sesc (Av. Brasil Leste, 30), às 20h. O ingresso é 1 kg de alimento não perecível, que será direcionado às entidades sociais cadastradas no Programa Mesa Brasil do Sesc.

SOBRE OS MÚSICOS
Adriana Deffenti | Cantora, flautista, compositora, atriz. Em 1998, iniciou a carreira solo como cantora. Gravou dois discos Peças de Pessoas (2002) e Adriana Deffenti (2007) e recebeu dois prêmios Açorianos de Música. Excursionou pelo Brasil, pela Argentina (onde lançou o segundo disco pela Random Records), pela Espanha e França. Atuou em espetáculos como a ópera cômica As 7 Caras da Verdade (de Nico Nicolaiewsky), o circense Pão e Circo (do Circo Teatro Girassol, dirigido por Dilmar Messias), e trabalhos da Cia. de Dança Contemporânea Eduardo Severino.

Angelo Primon | Com 27 anos de carreira, o instrumentista, compositor e produtor porto alegrense já atuou com artistas de várias tendências: Arthur de Faria, Vanessa Longoni, Nei Lisboa, Adriana Deffenti, Nico Nicolaiewski, Orquestra de Câmara do Teatro São Pedro, Gilberto Gil, entre outros. Foi vencedor do Prêmio Açorianos como Melhor Instrumentista na categoria MPB em 2006 e 2008; e em 2011, na categoria de Melhor Arranjador MPB juntamente com Richard Serraria por Pampa Esquema Novo. Desenvolve pesquisa sobre as sonoridades da viola de dez cordas, a viola de cocho, a rabeca, o oud árabe e o sitar indiano e suas aplicações.

Marcelo Corsetti | Guitarrista. Em 1991, lançou o Marcelo Corsetti Quarteto, com o qual gravou seu primeiro disco. O segundo álbum, de 1994, foi considerado pela crítica como um dos melhores trabalhos de música instrumental dos últimos anos e colocou o músico entre os grandes guitarristas gaúchos. Em 2000, forma um novo quarteto e busca uma sonoridade desafiadora. O grupo lançou o disco Xquinas. O trabalho de Corsetti lhe conferiu diversos prêmios, como o Troféu Açorianos (1993), como Revelação do Ano.

ECARTA MUSICAL | Em PASSO FUNDO
Show ‘Revira&Volta’, com Adriana Deffenti, Marcelo Corsetti e Angelo Primon
Promoção: Fundação Ecarta e Sesc
Quando: Dia 22/05 (domingo), às 20h
Onde: Teatro do Sesc (Av. Brasil Leste, 30)
Quanto: 1 kg de alimento não perecível, que será direcionado às entidades sociais cadastradas no Programa Mesa Brasil do Sesc
Informações: ecartamusical@gmail.com
Apoio: Sinpro/RS

Foto de Anderson Dornelles

Foto de Anderson Dornelles

 

 

 

También, considere “http://kamagraoraljelly.me/es/” o Comprar Kamagra Oral Jelly. Muchos posiblemente piensan que la eficacia de Kamagra está bien documentada. No tome más de Kamagra o cualquier otro medicamento que el recomendado. El profesional de la salud tiene que resolver qué dosis es la más adecuada. Si el medicamento se usa según sea necesario, es poco probable que esté en un programa de dosificación.