Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Postado em jul 6, 2016 em Dança

Bailarinas gaúchas ficaram entre as primeiras colocadas no Opus Ballet

 

A grande final de uma das competições mais ambicionadas pelos bailarinos, o Concurso Internacional Opus Ballet, revelou, na noite de 3 de julho, duas bailarinas gaúchas para o mundo. Elas foram premiadas na Gala Opus 2016, realizado em Firenze, na Itália. Elisa Diniz Giacomelli, 12 anos, de Alegrete, ficou classificada com seus dois solos em 3º lugar; e Letícia Borba Cirne, 18 anos, de Porto Alegre, também ficou em terceiro lugar com seu solo de repertório e ganhou uma bolsa de estudos integral para o Dançarte – Algarve International Dance Competitions, em Faro, Portugal.

Elas integram uma comitiva de alunas da Escola Ballerina. Única representante do Brasil no Opus Ballet, a Escola, com sedes em Porto Alegre e Alegrete, classificou nove bailarinas a partir do Bento em Dança 2015, que ofereceu bolsas de cursos de aperfeiçoamento para todas as classificadas.

A Ballerina, presente há um ano e meio em Porto Alegre e 32 anos em Alegrete, guarda um histórico de revelar talentos. As alunas concorreram com 6 mil bailarinos, provenientes de quatro países, arrematando 19 medalhas, além de indicações nas seletivas para o mais desejado concurso de ballet que é o Youth Grand Prix América (YAGP), em Nova Iorque.

Apoio a alunos de baixa renda
Se a paixão for dançar, as escolas acolhem alunos em situação de vulnerabilidade social, proporcionando aulas regulares. Alguns destes jovens que iniciaram timidamente, sem apoio financeiro da família, hoje ganharam o mundo. Camila Silveira Vicentini, professora e gestora da Escola em Porto Alegre, diz que além de seu amor pela dança clássica tem uma grande motivação pessoal em ver crianças e adolescentes apaixonados pela dança poderem realizar seus sonhos, independente da conta bancária dos pais. Camila tem formação no Teatro Colón de Buenos Aires e foi bailarina solista no Teatro Municipal do Chile.

Mais sobre a Escola Ballerina
No 23º Bento em Dança, de 2015, dez bailarinos da Escola Ballerina levaram troféus nas principais categorias: melhor bailarina, melhor bailarino, melhor trabalho coreográfico, melhor figurino, revelações e destaques. Uma destas promessas chama-se Dandara Veiga (contemplada em 2014 e 2015), 19 anos, 1º lugar no concurso da Opus, além de conquistar uma bolsa de estudos no Alvin Ailey. Ela obteve o cobiçado prêmio Tito Barbón. Atualmente está em Portugal, onde ganhou bolsa integral para seguir a carreira de bailarina. Outras duas revelações são Lázaro Barros, de 12 anos, que recebeu indicação de melhor bailarino, e Leonardo Rodrigues, 15 anos, escolhido como bailarino revelação. São originários da Escola de Alegrete e conduzidos pela bailarina Jacqueline Zacarias Silveira, fundadora e uma das professoras dos talentos revelados.

 

Bailarina Elisa Diniz Crédito: Cíntia Bracht

Bailarina Elisa Diniz Crédito: Cíntia Bracht

Bailarina Leticia Cirne Crédito: Cíntia Bracht

Bailarina Leticia Cirne
Crédito: Cíntia Bracht

 

También, considere “http://kamagraoraljelly.me/es/” o Comprar Kamagra Oral Jelly. Muchos posiblemente piensan que la eficacia de Kamagra está bien documentada. No tome más de Kamagra o cualquier otro medicamento que el recomendado. El profesional de la salud tiene que resolver qué dosis es la más adecuada. Si el medicamento se usa según sea necesario, es poco probable que esté en un programa de dosificación.